top of page
Cópia de Sem nome (5).png

Blog MecTRIA

  • Guilherme Stropa

Engenharia mecânica na área da saúde

A engenharia mecânica é uma das áreas mais versáteis e abrangentes da engenharia, podendo atuar em diversos setores da sociedade. Um deles é a área da saúde, que se beneficia dos avanços tecnológicos e das soluções inovadoras que a engenharia mecânica pode oferecer.

Neste post, vamos mostrar algumas das aplicações da engenharia mecânica na área da saúde, como o desenvolvimento de próteses, implantes, equipamentos médicos e ferramentas cirúrgicas. Também vamos falar sobre os desafios e as oportunidades que essa área apresenta para os profissionais e estudantes de engenharia mecânica.


Próteses e implantes


Uma das principais aplicações da engenharia mecânica na área da saúde é o projeto e a fabricação de próteses e implantes. Esses dispositivos são usados para substituir ou auxiliar partes do corpo humano que foram perdidas ou danificadas por doenças, acidentes ou malformações.


As próteses e os implantes devem ser feitos com materiais biocompatíveis, ou seja, que não causem rejeição ou infecção no organismo. Além disso, devem ter dimensões, formas e propriedades adequadas para se adaptarem ao corpo e às suas funções.


Um exemplo de prótese é a artificial de quadril ou joelho, que substitui a articulação natural e permite o movimento e a sustentação do corpo. Um exemplo de implante é o marca-passo, que é um pequeno aparelho inserido no peito que regula a frequência cardíaca por meio de pulsos elétricos.


Os engenheiros mecânicos são responsáveis por projetar, testar e otimizar esses dispositivos, buscando melhorar sua eficiência, durabilidade e conforto. Eles também podem desenvolver soluções inteligentes, como próteses robóticas que se conectam ao sistema nervoso e respondem aos comandos cerebrais.


Equipamentos médicos e ferramentas cirúrgicas


Outra aplicação da engenharia mecânica na área da saúde é o desenvolvimento de equipamentos médicos e ferramentas cirúrgicas. Esses dispositivos são usados para diagnosticar, monitorar, tratar ou prevenir doenças e condições de saúde.


Os equipamentos médicos podem ser desde simples instrumentos como termômetros, estetoscópios e seringas até complexos sistemas como tomógrafos, ultrassons e ressonâncias magnéticas. Esses equipamentos permitem obter informações sobre o estado de saúde dos pacientes e auxiliar na tomada de decisões clínicas.


As ferramentas cirúrgicas podem ser desde bisturis, pinças e tesouras até máquinas de corte a laser, microcâmeras e robôs cirúrgicos. Essas ferramentas permitem realizar procedimentos invasivos no corpo humano com maior precisão, segurança e rapidez.


Os engenheiros mecânicos são responsáveis por projetar, fabricar e manter esses dispositivos, buscando melhorar seu desempenho, qualidade e confiabilidade. Eles também podem desenvolver soluções inovadoras, como cirurgias minimamente invasivas que reduzem os riscos de infecção e sangramento.


Desafios e oportunidades


A engenharia mecânica na área da saúde é uma área desafiadora e promissora para os profissionais e estudantes de engenharia mecânica. Ela exige conhecimentos multidisciplinares que envolvem física, matemática, biologia, química e informática. Ela também requer criatividade, ética e responsabilidade social. Os desafios dessa área são acompanhar as constantes mudanças e demandas.



Veja mais sobre esse e outros temas relacionados com a engenharia mecânica em Nosso Blog. 

Você tem interesse em desenvolver algum projeto? Ou tem uma ideia que deseja tirar do papel? Entre em contato com a gente para que possamos te ajudar. Fale Conosco!







0 comentário

Comments


Posts Recentes
bottom of page